Data de Hoje
7 March 2021

Casa Civil Continua sem secretário a um mês após Bruno Dauster sair por denúncia de propina

O governo baiano completou neste final de semana um mês sem um secretário titular da Casa Civil, cargo mais importante entre todo o secretariado estadual.

A pasta ficou sem titular desde a saída de Bruno Dauster, no início de junho, após ter sido citado publicamente e em depoimento prestado à polícia por Cristiana Prestes, dona da Hempcare, empresa contratada pelo governo para comprar respiradores.

Desde a saída de Dauster, o cargo está sendo ocupado de forma interina por Carlos Mello, que era chefe de gabinete da pasta.

O governo baiano também está sem um secretário titular de Relações Institucionais há um mês, quando Cibele Carvalho deixou a pasta de forma repentina. Tão repentina que ainda não deu tempo sequer da equipe atualizar o site oficial da secretaria. Jonival Junior, chefe de gabinete, comanda a pasta desde então.

Coincidentemente, o governador Rui Costa foi secretário da Casa Civil e Relações Institucionais no governo Wagner.

Facebook Comments