Data de Hoje
22 September 2021
Foto: Reprodução/ Instagram

Casal foi preso por lavagem de dinheiro e ostentava com viagens e BMW

Casal foi preso em Governador Valadares e está sendo investigado por lavagem de dinheiro

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil prendeu um casal suspeito de lavagem de dinheiro e falsificação de documentos em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Para manter a vida de luxo, os jovens clonavam cartões de crédito.

Iuri Gomes Dias, de 27 anos, e Kissyla Luisa Costa Barcelos, 21, foram detidos em flagrante pela corporação durante uma operação. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão contra o casal.

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Durante as buscas, os agentes encontraram uma máquina de clonagem de cartões, vários cartões de crédito, matrizes para confecção de cartões, talões de cheque falsificados, computadores, aparelhos de telefone celular, além de diversos chips de operadoras de telefonia.

A polícia ainda achou diversos documentos de veículos, artigos de luxo adquiridos de forma fraudulenta, como relógios, perfumes e óculos de sol. Uma BMW conversível, avaliada em R$ 150 mil, também foi apreendida.

Conforme a PC, Kissyla e o namorado são bastante conhecidos em Governador Valadares por ostentarem carros de luxo, artigos pessoais importados, viagens ao exterior, e frequentarem baladas exibindo o poder econômico.

Em fotos publicadas no Instagram, o casal aparece à vontade no veículo conversível
Em fotos publicadas no Instagram, o casal aparece à vontade no veículo conversível

Nas redes sociais, “bombam” registros das festas que o casal frequentava, regadas a champagne e vodcas importadas.

O casal foi autuado em flagrante por associação criminosa, falsificação de documento particular e furto qualificado. Eles foram levados para o presídio da cidade.

Durante o cumprimento dos mandados, a Polícia Civil descobriu que, apesar de tanta ostentação, Dias roubava “luz” adulterando o padrão de energia da residência. Por isso, ele também foi autuado por furto qualificado de energia elétrica.

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações de Valadares continua as investigações para tentar comprovar o envolvimento do casal no crime de lavagem de dinheiro.

Entre viagens e baladas, academias e suplementos ocupavam a rotina da suspeita
Entre viagens e baladas, academias e suplementos ocupavam a rotina da suspeita
Por R7
Facebook Comments