Data de Hoje
17 June 2021

Caso Rogério: diretor pede respeito ao Vitória e detona negociação equivocada

Depois de a notícia de uma provável transferência do atacante do Vitória, Rogério, para o São Paulo vazar na mídia, o diretor do clube, Anderson Barros, criticou a postura da equipe paulista e do Náutico, que detém os direitos federativos do atleta. De acordo com o dirigente, o contrato do jogador tem de ser respeitado e as agremiações estão conduzindo a negociação de forma equivocada.

“Acho que as pessoas estão conduzindo a negociação de forma equivocada. Estamos aguardando uma posição oficial do Náutico para que o Vitória possa se posicionar. Eles precisam entender que os contratos precisam ser respeitados. Inicialmente, posso dizer que não temos nenhuma obrigação de liberar o atleta. Nada no contrato. Ponto”, afirma o diretor rubro negro em entrevista à ESPN.

Barros garante que já conversou com o empresário do jogador e que quer a permanência do atacante na Toca do Leão. “O São Paulo entendeu que poderia negociar diretamente com o Náutico. É um direito que cabe ao São Paulo. Mas, no caso, ele tem contrato até 31 de dezembro, conversamos com o seu representante e deixamos clara a nossa posição”, concluiu.

Já o presidente do Náutico, Glauber Vasconcellos, em contato com ESPN, destaca que o diretor do clube, José Barbosa Andrade, está tratanto da negociação. “Não existe nada formalizado, nada formal, mas existe a intenção. Ninguém está sendo irresponsável aqui. Se o Barbosa está tratando é porque todas as partes estão cientes”, finalizou.

Em 24 jogos neste ano, o atacante Rogério balançou as redes em dez oportunidades. O jogador surgiu como promessa no Náutico, onde chegou a ser chamado de ‘Neymar do Nordeste’.

Por: Galáticos Online

Facebook Comments