Data de Hoje
10 May 2021

CENAS DE HORROR! Cachorros doentes e desnutridos são encontrados em sítio abandonado Local com mais de 200 cachorros sofre com acúmulo de lixo, fezes,água parada e animais mortos

Animais são abandonados em locais sem higiene e alimentação. (Foto:

 

Animais são abandonados em locais sem higiene e alimentação. (Foto: Denúncia VN/ Jacimeire de Almeida)

Em meio a um matagal na Via Parafuso, em Camaçari, um sítio vem chamando a atenção de moradores deste município da Região Metropolitana de Salvador.  O espaço com mais de 200 cachorros e 40 gatos estaria cercado de lixo, fezes, animais mortos, mosquitos e cobras, além da falta de água e energia. A gestora do canil foi identificada como Simone Malaquias, no e-mail da denúncia.

Cachorros sofrem com desnutrição e mordidas de bichos. (Foto:

 

Cachorros sofrem com desnutrição e mordidas de bichos. (Foto: Denúncia VN/ Jacimeire de Almeida)

Uma das denunciantes contou ao Varela Notícias que uma voluntária foi ao local fazer a limpeza e encontrou uma situação aterrorizante. Além de não ter nenhuma pessoa diariamente ali, os animais passavam fome, sede, alguns estariam doentes e feridos há mais de 17 anos. “Quando ela (voluntária) foi colocar a ração que levamos, os cachorros avançaram pra cima e um até matou o outro para conseguir o alimento”, disse.

Fêmeas, machos e filhotes são colocados em mesmo local.

 

Fêmeas, machos e filhotes são colocados em mesmo local. Gatos desnutridos bebe água com recinto cheio de insetos. (Foto: Denúncia VN/ Jacimeire de Almeida)

Após isto, as pessoas decidiram se reunir para comprar caixa d’água, mandar capinar e limpar a área. Em uma das visitas, o grupo levou um veterinário, constatando que alguns cachorros estão doentes, com feridas graves na cabeça, cegos e tem até convulsões. Nas fotos enviadas, é possível observar eles desnutridos e caídos no chão.

Gatos desnutridos bebe água com recinto cheio de insetos

 

Gatos desnutridos bebe água com recinto cheio de insetos. (Foto: Denúncia VN/ Jacimeire de Almeida)

A higiene do local, localizado na Rua do Rafael, também é bastante reclamada pelo grupo dos sensibilizados, já que no sítio não tem nem mesmo um banheiro ou fossa. “Ela continua recolhendo animais na rua. É muita crueldade com os animais que estão no sítio“, reclamou uma das integrantes do grupo. “O espaço é cercado por pontos de água parada e tem reservatórios com larvas de mosquitos da dengue.”

VN tentou entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses de Camaçari e com a Vigilância Sanitária da cidade e não obteve sucesso.

Assista ao vídeo que mostra um dos cachorros morto e um espaço do canil com muitas fezes e ratos

 

Facebook Comments