Data de Hoje
14 May 2021
Quiosques do Rio Vermelho estão em fase de conclusão (Foto: Almiro Lopes/Correio)

Cervejaria Itaipava terá exclusividade em quiosques das orlas de Itapuã, Piatã e Rio Vermelho

A cervejaria foi escolhida pelas duas empresas responsáveis pela operação dos quiosques; quiosques de Piatã devem abrir no sábado (30)

 Quem quiser beber cerveja nos novos quiosques das orlas de Itapuã, Piatã e Rio Vermelho, vai ter que beber Itaipava. A cervejaria foi escolhida para um acordo de exclusividade pelas duas empresas responsáveis pela operação dos quiosques, a Nova Orla e a Salvador Kiosk e Turismo.

Segundo a assessoria de imprensa da Nova Orla, as cervejarias entraram em contato com as empresas. Após análise, as empresas concordaram que o melhor acordo era o da Itaipava. A assessoria informa ainda que já estão analisando acordos com outras cervejarias para os quiosques de outros bairros, como Barra, Ribeira e Tubarão.

Os primeiros oito quiosques instalados nas orlas de Itapuã e Piatã já deveriam estar funcionando desde outubro de 2015. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), o atraso é por conta da estrutura de energia elétrica, ainda não instalada pela concessionária.

O secretário da pasta, Érico Mendonça, acredita que os quioques comecem a funcionar em breve. “Hoje (28) a Coelba finalmente foi em Piatã e fez as ligações. Quatro deles (quiosques) já começam a funcionar sábado (30)”, afirmou. Os de Itapuã ainda dependem da instalação de uma subestação de energia.

Os quiosques do Rio Vermelho devem ser entregues nesta sexta (29), junto com a inauguração da orla. Mas eles ainda precisam de uma estrutura interna que falta ser montada pelas empresas responsáveis por sua operação. A empresa Nova Orla acredita que tudo estará funcionando em até trinta dias.

De acordo com Mendonça, os quiosques da Ribeira, Tubarão e São Tomé de Paripe serão construídos em fevereiro, após o carnaval. Ao todo, serão 100 instalados em toda a orla. Os quiosques têm três dimensões distintas: 30 m², 50 m² e 100 m², e serão distribuídos de acordo com o tipo de produto comercializado.

Nos espaços da orla atlântica, os clientes terão acesso a mesas e sombreiros, além de banheiros. Esses equipamentos serão explorados por 15 anos pelas empresas Salvador Kiosk e Turismo, Nova Orla e Tuvalu Turismo, que venceram a licitação e pagarão R$ 5,2 milhões à prefeitura.

Por Thiago Freire/iBahia
Facebook Comments