Data de Hoje
13 June 2021

César Borges ameaça entregar ministério se continuar rebeldia do PR



A vida da presidente Dilma Rousseff não está nada fácil na Câmara Federal. Temendo grandes perdas na base de sustentação, a presidente tem mobilizado o ministro Aloizio Mercadante para intervir e tentar apagar o incêndio. Entre os vários partidos que estão no ‘blocão’, um preocupa Dilma e o ministro dos Transportes, o baiano César Borges.

 

Na última quarta-feira, Borges chegou a ameaçar, em reunião com seus correligionários, deixar o ministério se o PR continuasse com a intenção de abandonar a base governista  e votar contra os projetos.

 

O “incêndio” foi controlado, mas as “chamas” continuam. Na terça-feira (18), às 14 horas, uma nova reunião acontecerá na liderança do partido na Câmara Federal.  Segundo o deputado José Rocha (PR-BA), há alguns rebeldes no partido que estão ameaçando deserdar.

 

A rebelião tem um motivo. Cargos. Segundo José Rocha, há setores no partido que querem mais espaço no governo, especificamente, cargos no Ministério dos Transportes. “Há pessoas que querem indicar nomes para três cargos que ainda estão com outro partido”, assinalou Rocha em conversa com o Bocão News.

 

Segundo ele, a intenção é manter o PR na base e consequentemente o ministério dos Transportes, um dos mais importantes em tamanho e orçamento

Facebook Comments