Data de Hoje
20 September 2021
Foto: Reprodução / Twitter (newslocker_uknews)

Com escassez de homens, ‘capital do sexo’ da China tem moradores com até três namoradas

Os haréns, espécie de relacionamentos poligâmicos, são muito comuns na cultura árabe. No entanto, a falta de homens em uma cidade chinesa “obrigou” a população a adotar os costumes de seus vizinhos orientais. Localizada na província de Guangdon, Dongguan recebeu a alcunha de “capital do sexo”, porque os homens da cidade possuem até três namoradas cada. Em seus haréns particulares, ciúmes é coisa que não existe. Li Bin, um operário da província de Sichuan que foi trabalhar em Dongguan, comentou: “Tenho três namoradas, e todas elas sabem uma da outra”.  A situação está tão favorável para os homens que um deles afirmou a uma emissora local que está “muito mais fácil aqui achar uma namorada que um emprego”. O crescimento demográfico desenfreado na China, que atualmente é a nação mais populosa do mundo, com quase 1,4 bilhão de habitantes, fez que com que o governo chinês adotasse a política de apenas um filho por casal no país. A medida criou um desequilíbrio entre homens e mulheres na China. Com a escassez de exemplares humanos do sexo masculino, a preferência por filhos se alastrou no país. Um grande número de mulheres recorreu ao aborto clandestino ao tomar conhecimento de que carregava uma menina no ventre.

Por BN
Facebook Comments