Data de Hoje
16 June 2021

Com escassez de homens, ‘capital do sexo’ da China tem moradores com até três namoradas

Os haréns, espécie de relacionamentos poligâmicos, são muito comuns na cultura árabe. No entanto, a falta de homens em uma cidade chinesa “obrigou” a população a adotar os costumes de seus vizinhos orientais. Localizada na província de Guangdon, Dongguan recebeu a alcunha de “capital do sexo”, porque os homens da cidade possuem até três namoradas cada. Em seus haréns particulares, ciúmes é coisa que não existe. Li Bin, um operário da província de Sichuan que foi trabalhar em Dongguan, comentou: “Tenho três namoradas, e todas elas sabem uma da outra”.  A situação está tão favorável para os homens que um deles afirmou a uma emissora local que está “muito mais fácil aqui achar uma namorada que um emprego”. O crescimento demográfico desenfreado na China, que atualmente é a nação mais populosa do mundo, com quase 1,4 bilhão de habitantes, fez que com que o governo chinês adotasse a política de apenas um filho por casal no país. A medida criou um desequilíbrio entre homens e mulheres na China. Com a escassez de exemplares humanos do sexo masculino, a preferência por filhos se alastrou no país. Um grande número de mulheres recorreu ao aborto clandestino ao tomar conhecimento de que carregava uma menina no ventre.

Por: BN

Facebook Comments