Data de Hoje
24 September 2021

Com gols aos 45, Bahia arranca empate diante do Vitória no clássico BaVi

O dia era das Mães, mas nenhuma delas saíram da Arena Fonte Nova com o presente que esperavam na noite desse domingo (11). A festa estava preparada para o Leão desde que Souza abriu o placar do Ba-Vi na primeira etapa, mas aos 45 do segundo tempo Pará arrancou o gol do empate Tricolor no clássico da quarta rodada do Brasileirão. O resultado ainda fez subir para oito o número de BaVis sem vitória rubro-negra.

O ponto suado rendeu ao Bahia um lugar no G-4. Com sete pontos, o Tricolor assumiu a quarta colocação, atrás apenas de Corinthians, Fluminense e do líder Internacional. O Vitória acabou caindo três posições depois do empate e com 5 pontos saiu da rodada com o 12º lugar da tabela.

Na próxima rodada o Bahia joga fora de casa e vai encarar o Sport, na Ilha do Retiro, com jogo marcado para o domingo (18) a partir das 16h. Mas antes disso o Esquadrão volta as atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira (14) o Tricolor recebe o América-MG para o jogo de volta da segunda fase da competição. Para o Leão o próximo adversário será o Palmeiras. O duelo também será no domingo, às 18h30.

Souza, autor do gol tricolor, e Uelliton foram expulsos da partida (Foto: EC Bahia)

Bola rolando – Como já era de se esperar de um clássico BaVi, o jogo começou muito disputado no gramado da Fonte Nova. Em disputa aberta, nenhum dos times sobressaia nos minutos iniciais da partida e mostravam cautela nos ataques, temendo o contragolpe do rival. E foram os contra-ataques que deram origem às primeiras finalizações do duelo, mas ainda sem muito perigo para os arqueiros.O primeiro a apostar sozinho na jogada em velocidade foi Anderson Talisca. Na marca dos 17 minutos, ele disparou da defesa tricolor, cruzou quase todo o campo, invadiu a área do Leão, mas perdeu força ao cair quase na frente de Wilson, que avançou na bola. A primeira investida de maior perigo do Vitória saiu da tabela entre Souza e Marquinhos, mas depois de receber o segundo passe, Souza foi travado por Titi e não conseguiu finalizar.Susto de verdade só aconteceu aos 29'. Anderson Talisca caprichou no cruzamento para Wilson Pittoni que acertou o chute na direita da área, mas Wilson fez grande defesa para salvar o que seria o primeiro gol do jogo. Com mais posse de bola, o Vitória encontrava pouco espaço para atacar, mas na bola parada encontrou o caminho para sair na frente no placar. Depois do escanteio cobrado por Marquinhos, Lomba tropeçou em Demerson, caiu na área e deixou o gol livre para Souza completar de cabeça.Animado pelo gol, o Vitória adiantou o esquema e chegou a pressionar nos minutos finais da primeira etapa, mas a rede não voltou a balançar até a parada do intervalo.

 

O jogo voltou no segundo tempo apresentando o mesmo ritmo do primeiro. O Bahia continuava a aposta nas jogadas rápidas enquanto o Vitória valorizava a posse de bola, ainda mais seguro pela vantagem no placar. Precisando correr atrás do resultado, o Tricolor foi o primeiro a oferecer perigo. Maxi recebeu a bola no contra-ataque, entrou na área cara-a-cara com o goleiro, mandou o chute rasteiro e Wilson evitou o gol.

Assustado ou não pela ameaça tricolor, o técnico Ney Franco reforçou a defesa rubro-negra colocando o volante Josa para estrear, entrando no lugar de Hugo. O Vitória seguiu mostrando melhor jogo, com mais posse de bola e menos erros de passe que o Bahia. Mais livre na troca de passes, o Rubro-negro quase aprontou a segunda comemoração aos 26. Marquinhos recebeu o passe de Juan na entrada da área, encheu o pé e Lomba fez a defesa.

O jogo já era de poucas finalizações, e aos 29' a situação se complicou para os dois lados na dupla expulsão de Souza e Uelliton. Os dois entraram em discussão depois de dividir bola e o árbitro Wilton Pereira não tolerou. Já no final da partida, o Bahia não desistiu e arrancou o gol de empate. Pará recebeu na esquerda, invadiu a área, chutou cruzado e marcou aos 45'.

Bahia 1 x 1 Vitória – 4ª rodada do Brasileirão 2014
Data: 11/5/2014, dom, 18h30
Local: Arena Fonte Nova, Salvador
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO-FIFA)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG-FIFA) e Fabio Pereira (TO-FIFA)

Bahia: Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Titi e Pará; Fahel (Henrique) e Uelliton; Pittoni, Talisca (Emanuel Biancucchi) e Branquinho (Rafinha); Maxi. Técnico – Marquinhos Santos

Vitória: Wilson, Ayrton, Alemão (Dão), Luiz Gustavo e Juan; Coruja (Léo Costa), Welison e Hugo (Josa); Marquinhos, Caio e Souza. Técnico – Ney Franco

Facebook Comments