Data de Hoje
21 September 2021

Com medo, montadoras multiplicam os recalls

Após escândalos, fabricantes fazem ‘recalls preventivos’ e batem recorde de convocações

Em menos de seis meses, o número de veículos convocados para reparos no Brasil já equivale a 84% dos modelos envolvidos em recall em todo o ano passado. Desde janeiro, 552,3 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e motos foram chamados para correção de defeito de fábrica. Em 2013 inteiro, foram 660,6 mil unidades. O total de veículos envolvidos em 28 campanhas de janeiro até agora é 147% maior que o de igual período de 2013, que também teve 28 convocações, segundo o Procon/SP. Uma única campanha da General Motors feita em maio, para 238,3 mil carros, já ultrapassa as 223,3 mil unidades de um ano atrás. Mesmo sem esse recall, o volume seria 40% maior. Nos Estados Unidos, só a GM convocou neste ano cerca de 14 milhões de veículos, mais da metade do volume de todas as fabricantes no ano passado, de 22 milhões de unidades. Analistas acreditam que a marca recorde de recalls de 2004, de 30,8 milhões de veículos, será ultrapassada. China e Japão também contabilizam números recordes de recall neste ano.

Facebook Comments