Data de Hoje
28 July 2021

Comissão técnica do Bahia se envolve em briga com radialistas após derrota

A derrota por 3 a 0 para o Paysandu, que deixou o Bahia em situação complicada na disputa por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil ficou marcada não só pelo revés, mas também por uma confusão após o apito final do árbitro. No campo do Mangueirão, integrantes da comissão técnica tricolor teriam se envolvido em uma briga com profissionais de imprensa paraenses.

Radialistas de Belém acusaram o preparador físico Rerverson Pimentel, o técnico Sérgio Soares e seu auxiliar Denys Facincani de agressão ao repórter Chico Chaves. Tudo teria começado quando o profissional se dirigiu ao treinador com uma pergunta irônica em função da vitória com placar elástico do Papão.

Ao ouvir a fala de Chaves, Reverson teria tentado tomar seu microfone e a confusão se formou. O radialista afirmou ter sido empurrado por Soares e chutado por Denys.

Revoltados, profissionais de imprensa do Pará tentaram invadir o vestiário do time baiano. Por conta do incidente, a entrevista coletiva de Sérgio Soares foi cancelada.

O repórter agredido, em entrevista após o ocorrido, revelou que iria até uma Delegacia de Polícia para registrar um Boletim de Ocorrência. Já o diretor de futebol do Esquadrão, Alexandre Faria defendeu os tricolores. “Não houve agressão nenhuma”.

Faria ainda culpou o árbitro Pathrice Wallace Correa Maia, que deixou de marcar um pênalti claro para o Bahia e assinalou um inexistente para o Paysandu, pela derrota. “Ele é um árbitro safado”, proferiu o diretor.

Por: Galáticos Online

Facebook Comments