Data de Hoje
30 July 2021

Criminosos mais perigosos da Bahia está incluídos no Baralho do Crime; confira

esiel Miranda Campos, Anaílton de Jesus Marinho, Victor Souza Ramos, Jackson dos Santos Andrade e Wesley Luz dos Santos são os novos criminosos inseridos na última semana no ‘Baralho do Crime’ da Secretaria da Segurança Pública da Bahia. De acordo com a assessoria do órgão, todos respondem por homicídios.

Foram atualizadas cartas nos naipes ‘Ouros’, ‘Copas’ e ‘Espadas’. Jesiel Campos, conhecido como ‘Bolo’, é o novo ‘Rei de Copas’, uma das mais altas do baralho, antes ocupada por Leone Santos Costa, o ‘Leone do Pânico’, capturado no último mês, em Aracaju. Procurado por homicídio qualificado, Bolo agia em Jequié, distante 365 quilômetros de Salvador.

O fugitivo Victor Ramos, apelidado de ‘Juca Bala’, de Jequié,  procurado por homicídio e por prática de roubo, substitui Jocicleibe Ferreira da Silva Pereira, o ‘Gordo’ ou ‘Galego’, como ‘Quatro de Copas’.

Jackson Andrade, também chamado por ‘Gordo’, fugiu de Feira de Santana, a 108 quilômetros da capital, após cometer um homicídio. Ele é o novo ‘Nove de Espadas’ no lugar do traficante Rodrigo Ferreira do Bonfim, preso recentemente.

O homicida Anaílton Marinho, o ‘Pito’, agora é o ‘Três de Espadas’, substituindo Carlos Ricardo Sampaio do Rosário, o ‘Ricardo Cabeção’, que teve mandado de prisão revogado. Já o também homicida Wesley dos Santos, o ‘Azulão’ ilustra, com sua imagem, a carta ‘Dois de Ouros’, representada anteriormente por Adriano Alves Silva, o ‘Secão’, capturado em Santo Amaro.

Criada para estimular a participação popular na busca dos bandidos mais perigosos do estado, esta ferramenta apresenta uma relação de 48 pessoas selecionadas por grau de periculosidade, em quatro naipes.

 

O ‘Baralho do Crime’ está disponibilizado no site do Disque Denúncia, sistema que pode ser alimentado por qualquer pessoa disposta a contribuir (de forma anônima) com o trabalho da polícia, telefonando para os números (71) 3235-0000 (capital e Região Metropolitana de Salvador) e 181 (demais municípios baianos).

Facebook Comments