Data de Hoje
13 June 2024
(Foto: O Globo / Simone Marinho)

Cuidado com a pele deve ser a principal preocupação no verão

Dermatologista defende o uso diário de filtro solar

O verão em Salvador é um convite – quase que irrecusável – para todo soteropolitano aproveitar a cidade, seja na praia, na piscina ou nos pontos turísticos. Mas a chegada da estação também traz a necessidade de cuidados para aproveitar o Sol sem medo. O excesso de exposição aos raios solares não só causa lesões na pele, como também malefícios à saúde.

Durante o verão, a cidade tem praticamente três meses de sol intenso com alto índice de raios ultravioleta.

O presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologista do Rio de Janeiro, Flávio Luz, indicou alguns cuidados:.

— Defino três níveis de cuidados, o primeiro deles é comportamental. Como, por exemplo, a escolha do horário, evitando a exposição ao sol entre 10h e 16h. O segundo é a barreira física, com a utilização de chapéu, camisas, óculos escuros e até sombrinhas. E o filtro solar, que acaba sendo o menos eficaz.

Flávio Luz chama a atenção para os tons de pele e o uso do protetor. Pessoas com peles mais claras devem utilizar filtros solares de proteção mais elevada. Já as de pele mais morena têm maior liberdade. Mas isso não quer dizer que não devam utilizar:

— Cada filtro solar tem na indicação do período que deve ser reaplicado, mas em geral os cremes para se aplicar no corpo dão proteção de 2 a 4 horas no máximo. No rosto, eles duram bem menos, entre 30 e 60 minutos, mesmo período dos de spray. O recomendado é utilizar o protetor com FPS 30 ou maior — disse.

Caronal Saraiva atesta: “Durante os meses de maior calor, o número de atendimentos pelas equipes de saúde pré-hospitalar e hospitalar relacionados a complicações da exposição a altas temperaturas cresce bastante, trazendo grande risco de desidratação e internação e todas as complicações advindas destes quadros”.

Por Click Notícias / Inf. O Globo