Data de Hoje
24 September 2021

Debate sobre a cultura

Debate sobre a cultura

Foto: Reprodução

O setor cultural baiano pouco aparece, ou quase não aparece nos programas apresentados pelos candidatos ao governo. Nem sempre foi assim. Em outras épocas a cultura era considerada essencial para o desenvolvimento do estado e não, simplesmente, alguma coisa vista exclusivamente pela elite. Nada a ver a cultura com a elite, porque ela, simplesmente, é produzida pelo povo na sua essência. Um dos erros do governo Wagner foi não ter dado atenção ao setor cultural, embora tentasse, ao mudar o seu primeiro secretário de Cultura, Marcio Meireles, que comandou uma época de apagão cultural. A cultura foi para as mãos do PT no segundo quadriênio, mas continuou imobilizada por falta de orçamento. Em razão, a Academia de Letras da Bahia resolveu, com a coordenação do acadêmico Luís Antônio Cajazeiras, realizar, no dia 29 deste julho, um debate com os candidatos ao governo para conhecer suas propostas para o setor. Chega à boa hora. Os agentes culturais baianos terão, assim, a oportunidade de conhecer o que pensam os candidatos a governar a Bahia, de maneira que o segmento não permaneça em estado letárgico. Um debate semelhante, mas sem este enfoque especial, foi realizado na ALB com os candidatos a prefeito de Salvador. Tinha uma amplitude maior, sem foco num setor específico como agora acontece, a partir desta iniciativa da Academia de Letras da Bahia. Enfim, o evento será às 19h do próximo dia 29.

por Samuel Celestino

Facebook Comments