Data de Hoje
24 June 2021

Demanda no corujão cai em dia útil e sobe fim de semana

Inaugurado há dois meses, o  sistema Corujão (ônibus que circulam de madrugada) já transportou 21.455 passageiros da estação da Lapa  para diversos pontos de Salvador. A equipe de A Tarde embarcou em dois dos 56 ônibus que operam de 0h a 4h na semana passada para testar o serviço.

As principais queixas da população foram em relação à insegurança, tempo de espera e funcionamento do aplicativo CittaMobi. A procura é maior nos fins de semana, quando o número de passageiros é duplicado e até triplicado, segundo motoristas.

Na madrugada do último dia 2, uma quarta-feira, estação e ônibus permaneciam vazios. No coletivo da linha Lapa-Praia do Flamengo, que saiu da estação às 2h05, só quatro pessoas embarcaram durante todo o trajeto. Entre elas, só uma pagou a passagem.

Relato

“Eles me pedem carona e eu não tenho como negar porque tenho medo de ser agredido. Quem trabalha no Corujão tem que ter molejo”, disse um rodoviário. O molejo a que ele se refere inclui também  apagar as luzes internas ao passar por vias e bairros que considera perigoso, como Boca do Rio.

O único pagante da quarta foi o piscineiro Francisco da Silva, 54, velho conhecido dos motoristas que trafegam pela orla. E o que seria de seu Francisco sem os ônibus da madrugada? “Pego este horário há 14 anos. Tenho que chegar ao clube Costa Verde, em Piatã, antes das 4h, porque às 5h as aulas  começam e tudo tem que estar limpo. Esses ônibus são minha salvação”.

Na madrugada de sábado, o movimento foi bem mais intenso. O ônibus Lapa-Mussurunga, que saiu do terminal às 2h50, lotou ao passar pela orla. O passageiro Pedro Almeida, 38, reclamou: “Eu já estava há 50 minutos esperando”.

Já o cozinheiro Joaci Pedro da Silva, 50, reclamou da organização: “Precisa ajustar as linhas porque todas saem por volta de meia-noite e sempre da estação da Lapa. Quem chega aqui à 0h10  tem  que esperar 40 minutos pelo próximo”.

Gestor

Em resposta,  o secretário de Mobilidade,  Fábio Mota, informou que o Corujão é um projeto de integração no qual todas as linhas saem da estação da Lapa. “Salvador tem uma cultura em que as pessoas querem pegar o ônibus  na porta do trabalho e descer na porta de casa. Mas o transporte  é coletivo, tem que atender à cidade como um todo”, afirmou.

O secretário lembrou, entretanto, que o sistema está sujeito a ajustes: “Recentemente, ajustamos uma linha para passar no Rio Vermelho e Barra. Faremos outras mudanças. Na alta estação vamos observar, por exemplo, se será necessário aumentar a frota”.

Na Lapa, uma viatura policial faz a ronda, mas não permanece por toda a madrugada no ponto. Segundo a PM, as paradas estratégicas ocorrem nos horários de principal movimento.

São muitos os relatos de insegurança feitos por passageiros e motoristas. O rodoviário Edmar Silva, 27, conta que entrou em luta corporal com um passageiro que o ameaçou com uma faca no dia 1º de setembro.

“Um sacizeiro (usuário de crack) entrou e se recusou a pagar a passagem. Pedi que pagasse e ele me mostrou a faca. Esperei ele descer, bati nele e tomei a arma. Mostrei ao policial e ele disse para eu não me estressar com crackeiro”, queixou-se.

Edmar também diz ter presenciado um assalto a ônibus no mesmo terminal: “Um cara deu uma pesada na porta do meio, entrou e fez a limpa nos passageiros. Não pude fazer nada”. Apesar dos relatos, a Polícia Civil informou que desde o dia 10 de julho apenas um roubo foi registrado  pelo Grupo Especial de Roubo a Ônibus (Gerrc), no período entre 0h e 4h.

Linhas e áreas atendidas

Lapa-Rio Sena
Calçada, Suburbana, Plataforma

Lapa-Paripe
Calçada, Suburbana, Valéria, São Tomé de Paripe

Lapa-Ribeira Luiz Tarquínio, C. de Areia,  Massaranduba, Uruguai

Lapa-Brotas
Daniel Lisboa, Engenho Velho de Brotas, Cosme de Farias, Luís Anselmo, Matatu

Lapa-Barra
Centenário, Barra, Graça

Lapa-Pirajá
Contorno, Comércio, São Caetano, Conjunto Pirajá I

Lapa-Cajazeiras 6/7/8
Bonocô, BR-324, Estação Pirajá, Cajazeiras 6 e 7, Águas Claras

Lapa-Fazenda Grande 4/3/2
Estação Pirajá, Estrada Velha do Aeroporto, Sete de Abril, Nova Brasília

Lapa-Boca da Mata
Bonocô, Retiro, Estação Pirajá, Castelo Branco, Cajazeira XI

Lapa-Nordeste
Federação, Engenho Velho da Federação, Amaralina, Rio Vermelho

Lapa-Boa Vista de São Caetano
Nazaré, Liberdade, Fazenda Grande do Retiro, Capelinha

Lapa-Jardim Santo Inácio
Pernambués, Sussuarana, CAB, Narandiba, Tancredo Neves, Mata Escura

Lapa-Praia do Flamengo
Jd. Armação, Imbuí, Boca do Rio, Pituba, Itapuã

Lapa-Mussurunga
Chapada do Rio Vermelho, Itaigara, Orla, Itapuã, São Cristóvão, Bairro
da Paz

Lapa-Stª Mônica
Vale de Nazaré, Baixa de Quintas, C. D’água

Por: A Tarde

Facebook Comments