Demitido da Globo, Antônio Fagundes faz desabafo sobre a emissora

Consagrado na teledramaturgia brasileira, o ator Antônio Fagundes, 71, criticou a TV Globo pela onda de demissões que vem ocorrendo na emissora. Demitido da empresa após 44 anos, o intérprete de “Pedro”, do seriado “Carga Pesada”, afirmou que a empresa está “se desfazendo de seu patrimônio e arriscando sua história”.

Em entrevista à revista Veja, Antonio comentou que a decisão da emissora é arriscada e que a escolha da empresa para demitir alguns atores da ideia de “esquecer todo o passado e começar o futuro”.

“É como se fosse um museu que durante décadas expôs a Monalisa e de repente resolvesse se desfazer justamente dela. Pode ser bom, do ponto de vista administrativo e financeiro, mas corre-se um grande risco. A Globo não é uma fábrica de sapatos, trabalho com arte, emoção e fidelidade. Durante cinquenta anos, o público assistiu a essas pessoas nessa emissora e tem um carinho especial por elas. […] Pode dar certo, mas também pode dar errado”, declarou.

Intérprete de diversos papéis memoráveis em novelas da emissora, Antônio está de volta às telinhas na Globo através da reprise da novela das 19h “Bom Sucesso”.

Ainda no bate-papo, o ator revelou que após as gravações do folhetim já esperava ser desligado da emissora.

“Logo que entrei na Globo, passei um período contratado por obra, por minha opção. Queria ter liberdade de fazer só o que me interessasse. Com o tempo me rendi, até porque tinha conquistar certa independência na escolha dos trabalhos. Só que a empresa mudou sua forma operacional. Entendo que não é específico comigo, que não fui mandado embora porque não sirvo mais”, afirmou.

Varela Noticias

Facebook Comments