Data de Hoje
20 September 2021

Depois de bater em muro, piso tátil indica que pessoa com deficiência visual contorne árvore

 
Depois de bater em muro, piso tátil indica que pessoa com deficiência visual contorne árvore

 

Foto: Facebook

 

 

 

Mais um trecho de piso tátil destinado a pessoas com deficiência visual, colocado no bairro da Barra, apresenta estranha configuração. Na semana passada, o BN publicou uma imagem em que usuários poderiam se deparar com um muro a partir da indicação colocada na calçada. Desta vez, o piso tátil contorna uma árvore e depois segue pelo passeio. A foto foi postada por um usuário do Facebook, que questiona: “Me perdoem, mas, minha indignação chega ao limite da educação…[…] quem é o engenheiro desta merda? Satanás? é vc? Usar o piso tátil para mandar um deficiente direto para uma arvore e fazer voltas em torno… só porque é bonitinho pra decoração? fala sério! Antonio Carlos Magalhães Neto e aew?”. Outros usuários também reclamam: "Isso é realmente um absurdo… Põe um filho deficiente visual de um político andar por aí… No mínimo esse engenheiro deve ter comprado o diploma ou parente do prefeito Antonio Carlos Magalhães Neto…". No caso do muro, o diretor de projetos estratégicos da Casa Civil, Paulo Hermida, admitiu o erro e disse que o reparo seria concluído. “No início, os técnicos desviaram de um poste, mas terminaram de frente com um muro”, afirmou na ocasião. Com relação ao novo trecho, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Salvador informou que se trata de uma norma. "Segundo a norma 9050:2004, da ABNT, os obstáculos suspensos (postes, árvores, etc) devem ser sinalizados com piso tátil de alerta em todo seu perímetro", diz trecho do documento.

 

 

 

Facebook Comments