Data de Hoje
9 May 2021

Deputados que votaram no impeachment “pela família” recebem afago de amantes

Muitos deputados que votaram a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no último domingo (17), na Câmara, justificaram sua escolha e entre os argumentos era constante o uso do “pela família”. Em artigo intitulado “‘Sim’ ao impeachment para a mulher; afago no WhatsApp para a amante”, publicado na Folha, Eliane Trindade desmistifica todo esse puritanismo presente no discurso dos parlamentares. O artigo traz o relato de diversas garotas e garotos de programa que afirmam ter diversos deputados casados entre seus clientes. Uma das garotas de programa afirma ter diversos clientes de diversos partidos e ainda se gaba: “minha bancada é poderosa”. “Todos votaram a favor do impeachment”, conta ela, que foi surpreendida, assim como governo, pela mudança de posição de última hora de um deles. Sob condição de sigilo, a acompanhante de luxo abriu o aplicativo do celular e exibiu orgulhosa as inúmeras mensagens trocadas com um parlamentar do PMDB, dois do PP e um quarto do PR, durante a votação do impeachment e também no dia seguinte. O conteúdo da intensa comunicação demonstra a intimidade cultivada ao longo dos últimos quatro anos.

De um parlamentar do Rio de Janeiro, a loura recebeu um link no qual o nobre deputado aparece dedicando o voto pelo “sim” ao impeachment à família e fazendo uma ode à cidade onde tem sua base eleitoral. “Parabéns, vi você agora”, digitou ela em resposta. “Os bons vão permanecer”. O texto enviado no início da noite de domingo, no calor da votação, foi enfeitado com uma sequência de emojis, entre eles oito aplausos. O deputado retribuiu dois minutos depois com a imagem de um coração solitário, encerrando temporariamente a comunicação

Um dia depois da votação do impeachment, o WhatsApp da loura continua bombando com o rescaldo da votação. Na segunda-feira, um parlamentar de São Paulo, o mais conhecido da lista de clientes declarados dela –ou de amigos íntimos como prefere defini-los– envia o link do YouTube que imortalizou seu voto “por amor ao Brasil e à filha”. O deputado do PP está exultante com a repercussão do seu “sim” entre o público que assistia à sessão em um telão na avenida Paulista, em São Paulo. A acompanhante de luxo brasiliense só não foi brindada com uma justificativa de voto do seu amigo parlamentar que era tido como fiel ao governo até o último momento. “Fiquei chocada quando soube que ele mudou o voto. É o único da minha turma que é citado na Lava Jato”. Ela encerra o papo mostrando uma mensagem enviada também por um dos nobres deputados de “sua bancada”. O parlamentar entra no clima de chacota que tomou as redes sociais, diante da enxurrada de dedicatórias às mulheres durante a votação histórica.

Por Bocão news

Facebook Comments