Data de Hoje
22 October 2021

Desemprego no Brasil sobe para 8 %, revela IBGE

Esta é a maior taxa da série, iniciada em janeiro de 2012. Nos três meses até abril, a taxa estava em 7,1%

A atividade econômica mais fraca voltou a puxar para baixo o mercado de trabalho brasileiro, com fechamento de postos formais e geração de vagas informais, consideradas de qualidade inferior.

Assim, a taxa de desemprego em todo o país subiu a 8% no trimestre encerrado em abril, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Desemprego no Brasil sobe para 8 %, revela IBGE

(Foto: EBC)

Esta é a maior taxa da série, iniciada em janeiro de 2012. Apenas no trimestre até março de 2013 observou-se desemprego igualmente em 8%.

Nos três meses até abril, a taxa estava em 7,1%. “Isso é reflexo do que aconteceu lá (no PIB). Se não gera trabalho, se a produção reduz, a consequência é essa”, disse o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo. No primeiro trimestre deste ano, o PIB (soma da renda gerada no país) caiu 1,6% ante igual período do ano passado.

No trimestre estudado, o Brasil gerou 629 mil vagas. Um avanço de 0,7%, mas insuficiente para acomodar todos que passaram a buscar trabalho. Com isso, a fila de desempregados cresceu em 985 mil (alta de 14%). O avanço do emprego informal também chamou atenção.

Enquanto 552 mil pessoas com carteira assinada foram demitidas em um ano, 1,024 milhão de pessoas declararam ter passado a trabalhar por conta própria, categoria que inclui uma pequena parcela de registrados com CNPJ,  e uma fatia maior de informais – por exemplo, de vendedores ambulantes.

Facebook Comments