Data de Hoje
12 April 2021

Detran-BA exonera funcionários investigados por suposto envolvimento em esquema criminoso no órgão

Investigações estão sendo conduzidas pelo Ministério Público da Bahia

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) decidiu exonerar os funcionários que tiveram o nome envolvido nas investigações acerca da suposta participação em esquema criminoso no órgão. As investigações tiveram início esta semana, após denúncias pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Intitulada de Operação Cartel, a ação apura a participação de pelo menos cinco pessoas em crimes de corrupção ativa e passiva, através de um suposto esquema criminoso montado na prestação de serviço de estampamento de placas veiculares junto ao Detran-BA.

São investigados o presidente da Associação Baiana de Estampadores de Placas Veiculares e Similares (ABEPV), Adriano Muniz Decia – considerado o coordenador da associação criminosa; Catiucia Souza Dias, apontada como gerente operacional do esquema; e os servidores do Detran Alex de Carvalho Souza Júnior, contratado via Reda e também assessor no gabinete do prefeito de Salvador; Leandro Reis dos Santos;  e Patrícia Meireles Notari, que coordenava o posto do Detran localizado no Shopping Salvador.

PNotícias entrou em contato com a assessoria de comunicação do Detran-BA, que afirmou que os funcionários já foram exonerados dos cargos que ocupavam no órgão.

Confira nota na íntegra:

“Todos os funcionários envolvidos, cujos nomes chegaram ao conhecimento do Detran, foram exonerados ou tiveram seus contratos cancelados.

O órgão lamenta os fatos, porque é inadmissível que uma pessoa se utilize da função pública para cometer ilícitos e lesar o cidadão.

O Detran-BA sempre colaborou com as investigações, fornecendo informações, e tem aprimorado as atividades da Corregedoria e Auditoria da autarquia, dando apoio irrestrito aos órgãos de controle”.]

Fonte: P Noticias

Facebook Comments