Data de Hoje
28 September 2021
Foto: Gilberto Jr. / Bocão News

Dez vereadores não participaram de nenhuma audiência do PDDU até agora

Mesmo após a Câmara de vereadores de Salvador realizar campanhas na tentativa de atrair a população a participar das discussões do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU), nem mesmo os vereadores da Casa demonstram interesse em comparecer às discussões do projeto. Os principais motivos para o afastamento das pessoas e de alguns parlamentares é a tecnicidade e a dificuldade para intervir na elaboração da minuta do plano, que irá determinar as diretrizes e prioridades urbanas da capital baiana nos próximos 35 anos.

Dos 43 vereadores, 10 deles não participaram de nenhum dos onze primeiros debates. São eles: Alfredo Mangueira (PMDB), Ana Rita Tavares (PMB), Odiosvaldo Vigas (PDT), Sabá (PV), Atanázio Júlio (sem partido), Beca (PPS), Vado (DEM), Edvaldo Brito (PSD), Moisés Rocha (PT) e Cátia Rodrigues (PHS).

A média de participação, entre os que compareceram em pelo menos uma discussão do PDDU, é de cinco audiências, isto representa menos da metade dos debates realizados. Apenas, os vereadores que estão responsáveis diretamente pela elaboração da minuta se apresentaram em todas as discussões: o presidente do Legislativo Municipal, vereador Paulo Câmara (PSDB), o relator da proposta, Leo Prates (DEM) e o comandante da Comissão do PDDU, Arnando Lessa (PT) (veja lista completa de frequência, abaixo).

003

A vereadora Ana Rita Tavares se explicou e alegou a presença de representantes do seu mandato. Disse que embora tenha se ausentado dos eventos, havia a presença de representantes para acompanhar. “Pessoalmente, não fui. Mas temos gente lá. Faltei porque as discussões, infelizmente, não permitem intervir. Vou apresentar minhas emendas no momento certo. O importante não é participar, mas sim analisar com calma no gabinete e apresentar ideias”, justificou, ressaltando que mesmo sem participar, está preparada para votar.

Para o relator do PDDU, o vereador Leo Prates (DEM), não vê problema nas ausências dos vereadores.  “As audiências não são os únicos instrumentos. O projeto está no site da Câmara desde o dia 19 de novembro a disposição dos vereadores e eles encaminham sempre assessores para obter mais informações. Eu mesmo tenho um advogado e um especialista em Urbanismo para tirar dúvidas. Além disso, os debates são transmitidos ao vivo, o que facilita ao vereador. Este é o PDDU mais democrático e, principalmente, transparente da história”, argumentou. Nesta segunda-feira (28), com o tema “Habitação”, a Câmara realizou o 13º debate dos 16 previstos.

Somente os vereadores Leo Prates, Paulo Câmara e Arnando Lessa participaram de todos os debates (Foto: Gilberto Jr. / Bocão News)

Somente os vereadores Leo Prates, Paulo Câmara e Arnando Lessa participaram de todos os debates (Foto: Gilberto Jr. / Bocão News)

Por Click Notícias / Fonte: Bocão Nesws / Rodrigo D. S.
Facebook Comments