Data de Hoje
17 June 2021

Diante da crise, Prefeitura de Lauro de Freitas anuncia corte de gastos

O repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) teve queda de aproximadamente 33%, na Bahia, e cada prefeito encontrou um modo diferente de driblar a crise que assola todo o país. Após os gestores de Camaçari, Ademar Delgado (PT); Eures Ribeiro (PV), de Bom Jesus da Lapa; e Luzimar Medeiros (PSD) de Mundo Novo, cortarem parte de seus salários, foi a vez de Márcio Paiva (PP), prefeito de Lauro de Freitas, anunciar que seguirá a mesma linha.

Ele afirmou que “será preciso tomar atitudes rápidas para garantir os serviços básicos sem perder a capacidade de investimento que é necessário para qualquer município” e garantiu que pretende cortar gastos entre 20 a 30% dos cargos, enviando para a Câmara Municipal de Vereadores a redução de cargos comissionados até o dia 20 deste mês para ser aprovado. A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) publicou um Decreto Municipal que dispõe na redução de gastos.

Em Camaçari, os ajustes vão desde a redução em 20% dos subsídios do prefeito, vice-prefeita, secretários, subsecretários e demais cargos de chefia e redução de até 30 % nas CETs (Condição Especial de Trabalho) de todos os cargos comissionados.

Facebook Comments