Data de Hoje
28 November 2021

Elenco do Vitória admite vacilos em casa e realça necessidade de vencer fora

Leão tem os dois próximos compromissos longe de Salvador. No sábado encara o Ceará, em Fortaleza, e na sequência o Luverdense, em Lucas do Rio Verde

A postura é de time que quer subir. Desde o começo da Série B, o Vitória conseguiu bons números. Ao todo, são 16 jogos, oito triunfos, quatro empates e apenas quatro derrotas. Os resultados parecem motivo de festa, mas não para a torcida rubro-negra.

Nas duas últimas rodadas, o Leão não soube aproveitar o apoio do torcedor, vacilou e acumulou dois empates, contra Macaé e América-MG. O torcedor ficou na bronca pelos pontos desperdiçados em casa, que poderiam render ao Vitória a liderança. Cientes da queda de rendimento do time, os atletas do rubro-negro admitem que vacilaram no Barradão e prometem mudar o panorama para chegar cada vez mais perto do acesso à Série A.

Vaiado no jogo de sábado, contra o time mineiro, o atacante Elton sabe que o momento não é para cometer erros. “A partir de agora, o campeonato fica ainda mais complicado. As equipes que estão na frente estão sofrendo muito para vencer e isso precisa mudar. Os times estão jogando bem fechados. Temos que aproveitar esse descanso e voltar a vencer”, avaliou.

Contratado como uma das maiores esperanças para ajudar o Leão a conquistar o acesso, já que conseguiu o feito pelo clube em 2012, Pedro Ken não gostou nada dos últimos dois jogos do rubro-negro como mandante. “A equipe está abaixo do que vinha produzindo. Ainda somos segundo, mesmo com dois empates em casa, mas é preciso ter consciência de que, a partir de agora, as coisas vão afunilando e ficando mais difíceis”.

O momento do Vitória não é para deixar ninguém em pânico, mas é preciso voltar a rugir mais alto. Agora, o Leão terá dois jogos fora de casa, no sábado, contra o lanterna Ceará, e na próxima terça-feira, contra o Luverdense. O Vitória é o segundo colocado na Série B, com 28 pontos – dois a menos que o líder Botafogo.

Após castigo, Vagner Mancini libera retorno de Amaral e Vander

Amaral e Vander assistiram ao jogo de sábado, contra o América-MG, de uma forma diferente. Afastados pelo técnico Vagner Mancini após chegarem atrasados durante a semana, os dois foram ao estádio usando tênis em vez de chuteiras, bermudas bem diferentes dos calções usados pelos companheiros e camisas de algodão que em nada lembravam um uniforme. Acessórios também fizeram parte do figurino.

No estacionamento do estádio, após o jogo, Amaral chegou a comentar com outros atletas a agonia que eles sentiram em não poderem atuar. O castigo, no entanto, chegou ao afim. Vagner Mancini já avisou que a dupla está de volta. “Eles já se desculparam. Temos que ter todos os jogadores aptos para jogar. Todos são importantes e é importante contar com todos. Nosso grupo tem que fazer com que eles voltem ao caminho”, disse. Os dois devem viajar para Fortaleza e Cuiabá, onde o Vitória enfrentará o Ceará, sábado, e o Luverdense, na terça-feira que vem.

Por: Fernanda Varela / Correio

Facebook Comments