Data de Hoje
21 October 2021

Em depoimento, adolescente reafirma que matou garota durante briga em Plataforma

A garota afirmou para a polícia que foi responsável pelo golpe que matou Bruna de Jesus

A adolescente de 13 anos apontada como autora da facada que matou Bruna Santos de Jesus, de 11 anos, durante uma briga no bairro de Plataforma, na noite de sábado (10), foi ouvida na tarde da terça-feira (13), pelo Delegado Reinaldo Mangabeira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Também foram ouvidos o avô da adolescente, Blenivaldo das Virgens Santos, de 58 anos, e a mãe dela. No dia do crime, o avô chegou a ser identificado pelos vizinhos como responsável pelo golpe contra Bruna. Ele foi espancado e encaminhado para o Hospital do Subúrbio, de onde teve alta hoje.

No depoimento, a adolescente reafirmou que foi ela quem desferiu a facada. A mãe dela disse estar no trabalho e não ter visto a cena.

O avô, Blenivaldo, informou que a briga que vitimou Bruna começou por conta de uma disputa entre a menina e a adolescente por causa de uma bicicleta. Ele ainda disse que, por conta da confusão, não se recorda do momento da facada. A investigação do caso seguirá com a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI).

O caso

As garotas se envolveram em uma briga, na rua Jaime Vieira Lima, na localidade do Boiadeiro, e foram separadas por familiares. Em seguida, Blenivaldo, que também é casado com a tia-avó de Bruna, brigou com o pai da vítima.

De acordo com testemunhas, ele também deu dois socos em uma prima de Bruna, uma jovem de 15 anos. Blenivaldo foi para a sua residência e retornou para a casa da família de Bruna com uma faca, golpeando a menina no peito.

Após cometer o crime, ele retornou para sua própria casa e tentou fugir, mas foi interceptado por moradores da região e espancado.

Bruna chegou a ser socorrida pela família para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada no local.

Por: iBahia

Facebook Comments