Data de Hoje
9 May 2021

Empresários da limpeza se reúnem com prefeito para tentar evitar greve

Representantes das empresas que são responsáveis pela limpeza urbana em Salvador se reuniram com o prefeito ACM Neto, na tarde desta terça-feira (3), na prefeitura, para tentar encontrar um denominador comum e evitar a paralisação dos trabalhadores da categoria.



Os empresários alegam que não têm condições orçamentárias de cobrir o que os trabalhadores pedem de reajuste salarial e o debate girou em torno de planejar para aumentar a capacidade de negociação com os funcionários da limpeza de Salvador.



A categoria, em sua campanha salarial, exige o estabelecimento de um piso salarial de R$ 900, reajuste no tíquete-alimentação, além de melhoria nas condições de trabalho.



Sem progresso na negociação com os empresários, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Estado da Bahia, o vereador Luiz Carlos Suíca, diz que a paralisação da categoria parece inevitável.



"A cidade já sofre com a dificuldade na coleta de lixo. Estamos tentando evitar, abrindo o diálogo e fazendo de tudo para impedir a paralisação, mas pelo andar da carruagem, parece inevitável", lamentou Suíca.

Facebook Comments