Data de Hoje
25 September 2021

Empresários da limpeza se reúnem com prefeito para tentar evitar greve

Representantes das empresas que são responsáveis pela limpeza urbana em Salvador se reuniram com o prefeito ACM Neto, na tarde desta terça-feira (3), na prefeitura, para tentar encontrar um denominador comum e evitar a paralisação dos trabalhadores da categoria.



Os empresários alegam que não têm condições orçamentárias de cobrir o que os trabalhadores pedem de reajuste salarial e o debate girou em torno de planejar para aumentar a capacidade de negociação com os funcionários da limpeza de Salvador.



A categoria, em sua campanha salarial, exige o estabelecimento de um piso salarial de R$ 900, reajuste no tíquete-alimentação, além de melhoria nas condições de trabalho.



Sem progresso na negociação com os empresários, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Estado da Bahia, o vereador Luiz Carlos Suíca, diz que a paralisação da categoria parece inevitável.



"A cidade já sofre com a dificuldade na coleta de lixo. Estamos tentando evitar, abrindo o diálogo e fazendo de tudo para impedir a paralisação, mas pelo andar da carruagem, parece inevitável", lamentou Suíca.

Facebook Comments