Data de Hoje
2 December 2021

Escola pública usa WhatsApp em revisões de matemática

A iniciativa prevê que os alunos estudem as quatro operações durante 20 minutos, em suas casas

Desde o começo do mês, estudantes do 6º ao 9º ano da Escola Estadual Filadélfia, na Vila Canária, estão utilizando o aplicativo WhatsApp para revisar e desenvolver seus conhecimentos em matemática, por meio do projeto Tabuada. A iniciativa prevê que os alunos estudem as quatro operações durante 20 minutos, em suas casas. Após isso, eles devem ser sabatinados pelos pais e depois acessar o aplicativo, no qual o professor tira dúvidas e propõe problemas que envolvem o conteúdo estudado.

A praticidade oferecida pelo WhatsApp foi apontada pelo professor Humberto Lima, idealizador do projeto, como o motivo para optar por seu uso pedagógico. “Foi uma forma de promover interação e fazer com que os estudantes tenham acesso ao conhecimento de maneira mais divertida. Agora, posso tirar as dúvidas de qualquer lugar”, afirmou o professor. Para ele, o mecanismo ainda ajuda o educador a perceber se o aluno está com alguma dificuldade específica. Segundo a diretora da escola, Flávia Carvalho, já deu para perceber progressos nos alunos desde a implementação do Tabuada. “Eles estão gostando. Estamos observando que eles estão participando mais das aulas, estão mais preocupados até em aprender”, comentou  ela. Para o vice-diretor da unidade, Sildo Souza da Costa, a atividade vai render frutos para desafios futuros, como o Enem. “É um excelente projeto que vai preparar os estudantes para ter sucesso, inclusive no exame”, avaliou ele

Facebook Comments