Data de Hoje
4 August 2021
Foto divulgação Ascom PC

Estudante de enfermagem é presa com droga avaliada em R$ 375 mil e munições com poder de derrubar avião

Uma estudante de enfermagem de 28 anos foi presa com drogas avaliadas em R$ 375 mil e munições com poder de fogo para derrubar uma aeronave ou danificar carros-fortes durante operação em Simões Filho, região metropolitana de Salvador. A ação visava combater assaltos a ônibus intermunicipais e interestaduais, na BR-324, na última quarta-feira (18/10), mas as informações foram divulgadas pelo delegado Adailton Adan durante apresentação realizada nesta quinta-feira (19/10).

Segundo a Policia Civil, Ana Paula estava a bordo de um ônibus abordado pelas equipes do Departamento de Combate aos Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e por agentes de PRF. Os 15 quilos em tabletes de cocaína e as munições ponto 50 estavam numa mala, no compartimento de bagagens do coletivo.

Os policiais perguntaram a quem pertencia a mala e Ana Paula informou que era dela, sendo presa. Ela foi apresentada à imprensa, nesta quinta-feira (19), no auditório do edifício-sede da Polícia Civil, na Praça Piedade, pelo diretor do DCCP, delegado Élvio Brandão, pelo delegado Adailton Adan, e o chefe da 1ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal/Simões Filho, inspetor Carqueija.

Interrogada pelo delegado Adailton Adan, Ana Paula afirmou que recebeu a proposta de uma amiga para vir a Salvador buscar uma mala cujo conteúdo não lhe foi informado. Pelo serviço, ela declarou ainda que receberia R$ 1 mil assim que retornasse ao Mato Grosso.

Ana Paula disse que, na quarta-feira, um taxista foi buscá-la no hotel onde estava hospedada, nas proximidades do Terminal Rodoviário de Salvador, e a mala já estava no interior do veículo. Ela foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, sendo encaminhada para audiência de custódia no Núcleo de Prisão em Flagrante da Justiça (NPF), na Avenida ACM.

Inspetor Carqueija e os delegados Élvio Brandão e Adailton Adan apresentaram operação nesta quinta-feira (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Durante a apresentação aos jornalistas, o delegado Adailton Adan informou que as munições apreendidas com Ana Paula têm poder de fogo suficiente para derrubar uma aeronave ou causar avarias em carros-fortes. Afirmou também que as investigações prosseguem para apurar as declarações da presa.

O delegado Élvio Brandão destacou o trabalho conjunto entre a PC e a PRF, que tem obtido ótimos resultados com prisões e apreensões realizadas em todo o estado. “A união dos efetivos das duas forças de segurança tem se mostrado uma alternativa eficiente para o combate à criminalidade”, definiu o diretor do DCCP.

Facebook Comments