Data de Hoje
2 August 2021
Google Street View

Estudantes de colégio municipal em Simões Filho estão com o ano letivo perdido com a falta de professores

A situação do Colégio Municipal Georgina de Souza Simões, localizada no Bairro Cia 1, em Simões Filho, não é diferente das outras escolas do município. Falta tudo na unidade de ensino.

A situação da educação na cidade perdeu todo o controle. De acordo com os pais, o fato se tornou recorrente desde o início do ano letivo de 2017, quando a falta de professores foi intensificada, tornando-se motivo de reclamação dos próprios estudantes, demonstrando o descaso e a falta de compromisso com a educação da cidade que tem a 6ª maior economia do Estado.

Ainda segundo pais, estudantes estão com o ano letivo praticamente perdido: “Está faltando professores no Colégio Municipal Georgina de Souza Simões desde o começo do ano. Tem matérias que os alunos nunca viram a cara dos professores e já estamos na metade do ano e o nosso prefeito ainda não resolveu essa situação. Sem contar a falta de água e de funcionários pra ajudar na escola”, denunciou Joseane Santos, mãe de aluno.

Fundeb

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) libera todos os meses parcelas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para estados e municípios. Segundo o Portal Transparência, o orçamento previsto em 2017 para Simões Filho é de R$ 64 milhões.

Pelo menos 60% dos recursos do Fundeb devem ser usados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício, como professores, diretores e orientadores educacionais. O restante serve para despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, compreendendo, entre outras ações, o pagamento de outros profissionais ligados à educação, bem como a aquisição de equipamentos e a construção de escolas.

Processo seletivo

No final do mês de abril, a prefeitura de Simões Filho abriu processo seletivo para preenchimento 1.484 vagas. Entre as oportunidades, foi ofertada diversas vagas para professores de educação infantil e ensino fundamental, no entanto, o resultado que era para ter sido divulgado no dia 22 maio já foi prorrogado duas vezes e até o momento, ninguém sabe quem foi aprovado no certame que teve 4.893 candidatos inscritos.

Por Simões Filho Online
Facebook Comments