Data de Hoje
1 March 2021

Estudo diz que força de aperto de mão pode indicar estado de saúde

Estudo diz que força de aperto de mão pode indicar estado de saúde

Foto: Reprodução

 
O jeito como alguém aperta as mãos pode indicar a idade biológica, o estado de saúde e o nível educacional de uma pessoa. A constatação vem de pesquisas de uma equipe internacional divulgadas pela publicação científica americana "PLoS One". Dessa forma, o aperto de mãos para "medir" a idade revela diferenças nas taxas de envelhecimento em vários grupos populacionais, indicam os estudos realizados por demógrafos do International Institute for Applied System Analysis (IIASA), com sede em Viena, na Áustria. Os estudos ainda concluem que a força do aperto de mãos pode informar sobre o declínio da capacidade mental, a pressão arterial, a força nas pernas, o estado das artérias e a capacidade de recuperação depois de uma internação hospitalar. Para chegar a esses resultados, a pesquisa se baseou em cerca de 50 estudos realizados no mundo com grupos de pessoas de diferentes idades. "O aperto de mãos é facilmente, mensurável. Encontramos uma grande quantidade de dados com esse teste na maioria das pesquisas importantes sobre o envelhecimento no mundo", disse um dos autores, Warren Sanderson, pesquisador do IIASA e da Universidade de Stony Brook, perto de Nova York.

 
Força da pegada

 
O teste do vigor do aperto de mãos apontou que pessoas com formação superior envelhecem menos rápido do que aquelas que deixaram de estudar antes de terminar o ensino médio, afirmou o diretor de Pesquisas Demográficas no IIASA e principal autor do estudo, Serguei Scherbov. Entre os homens, à exceção dos negros, para os quais o nível de formação não fez diferença no envelhecimento, os cientistas não souberam explicar o motivo. Para Scherbov, o teste do vigor do aperto de mão, simples e barato, deveria ser parte dos exames médicos para avaliar o estado de saúde dos pacientes. Informações da AFP
Facebook Comments