Data de Hoje
24 September 2021

Extremistas islâmicos crucificam dois rebeldes em praça pública na Síria

Os rebeldes foram crucificados em plena praça públicaReprodução/dailymail.co.uk

Extremistas islâmicos crucificaram nesta terça-feira (30) publicamente dois rebeldes sírios para vingar um ataque com granadas contra membros do grupo.

Segundo o tabloide britânico Daily Mail, o Estado Islâmico do Iraque de origem jihadista afirmou que executou sete prisioneiros.

Em uma rede social, o grupo descreveu a ação. "Dez dias atrás, rebeldes atiraram uma granada contra um de nossos combatentes. Nosso exército criou uma barreira e conseguiram capturá-los".

O Observatório Sírio de Diretos Humanos divulgou a imagem.

Em um dos corpos, os extremistas colocaram um cartaz com a frase "este homem lutou contra os muçulmanos e jogou uma granada neste lugar".

Presidente uruguaio quer acolher crianças refugiadas da Síria

Criança é desenterrada com vida de escombros após ataque na Síria

Ainda de acordo com o Observatório, estas não foram as primeiras crucificações na Síria. No início de abril, membros do Estado Islâmico executaram um homem por roubo.

A ação causou grande revolta de outros grupos rebeldes, inclusive a Al Qaeda e a Al Nusra, que se uniram no início de 2014.

Na última semana, o Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por um ataque explosivo que matou 28 pessoas e deixou mais de 40 feridos no Iraque, na última sexta-feira (25)

Facebook Comments