Data de Hoje
20 October 2021

Familiares fazem protesto e acusam PM de invadir casa para matar jovem no Tororó

O protesto começou por volta das 9h e foi acompanhado por quatro viaturas da Polícia Militar

Os moradores do bairro Tororó, em Salvador, fizeram uma manifestação na manhã desta quarta-feira (19), na Rua do Amparo, para protestar contra a morte de um jovem durante a madrugada. O grupo, com cerca de 20 pessoas, acusa a Polícia Militar de matar Yugy Reis dos Santos, de 19 anos, durante uma abordagem policial. PM diz que foi recebida a tiros ao entrar no bairro.

Segundo familiares, cinco policiais da Rondesp arrombaram a porta, invadiram a casa e atiraram no rapaz. O protesto começou por volta das 9h e foi acompanhado por quatro viaturas da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar (Barbalho) e do 18º Batalhão da Polícia Militar (Centro Histórico). O trânsito no local não foi afetado.

Alguns moradores relatam que ouviram vários disparos pela madrugada e que viram um policial encapuzado. “Mais uma vez a Rondesp tira a vida de uma pessoa inocente. Foi uma execução”, disse um morador que não quis se identificar. Ainda de acordo com os vizinhos, Yugy estava sozinho em casa no momento da suposta invasão.

A mãe do rapaz participou do protesto, mas estava muito abalada e não quis dar entrevista. Segundo familiares, Yugy trabalhava com serviços gerais e ia começar a servir ao Exército em setembro.

A Escola Municipal Amélia Rodrigues, localizada na Rua do Amparo, suspendeu as aulas durante o dia. De acordo com Helena Garrido, diretora da escola, Yugy estudava lá desde criança. Além dele, outros quatro irmãos estão matriculados na escola.

 RTEmagicC_tororo2j.jpg

Familiares fazem protesto e acusam PM de invadir casa para matar jovem no Tororó (Foto: Evandro Veiga)

Troca de tiros

Policiais da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT), Rondesp BTS, que socorreram Yugy para o HGE, informaram no posto policial da unidade que o jovem era um dos suspeitos que participou da troca de tiros durante a madrugada na Rua do Amparo. Yugy foi atingido por disparos na região do tórax, mas não resistiu.

Ainda de acordo com a polícia, com o rapaz foram encontradas 46 pedras de crack, 56 buchas de maconha, um revólver Taurus calibre 38 de duas polegadas com cano oxidado, uma máscara brucutu, um celular, R$ 327 em dinheiro e uma gandola do Exército. Dois suspeitos conseguiram fugir.

RTEmagicC_menthos.jpg

Policiais apresentaram material apreendido após troca de tiros no Tororó (Foto: Divulgação/PM)

Em nota, a PM informou que uma pessoa acionou a polícia denunciando a presença de homens armados na localidade Capelinha do Tororó. Durante rondas, os policiais da Rondesp BTS foram recebidos a tiros. No revide, um dos homens que atirou foi atingido e socorrido pelos policiais para o HGE.

Ainda de acordo com a PM, o comando da 2ª CIPM manteve o policiamento e informou que o comércio da região funcionou normalmente pela manhã. A ocorrência foi registrada pelos policiais na corregedoria da PM.

Por: Correio / Inf. Thiago Freire

Facebook Comments