Data de Hoje
16 January 2022

Famílias recusam proposta do Flamengo

Sem precisar números, tanto parentes quanto advogados disseram que a proposta foi pouco superior aos R$ 400 mil e um salário mínimo mensal

Terminou sem acordo a sessão de mediação realizada ontem (21), no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, entre o Flamengo e os parentes das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu.

Sem precisar números, tanto parentes quanto advogados disseram que a proposta foi pouco superior aos R$ 400 mil e um salário mínimo mensal oferecidos pelo clube na última reunião

A defensora pública Cíntia Guedes disse que não foi possível haver acordo e que o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, chegou a ser consultado, por telefone, mas não aprovou a proposta das famílias.

No incêndio, ocorrido no dia 8 deste mês em um dos alojamentos do Centro de Treinamento George Helal morreram 10 jogadores da categoria de base do Flamengo. Três sobreviveram.

Facebook Comments