Data de Hoje
27 September 2021

Feira da Cidade entra em clima de festa de largo na Ponta de Humaitá

Um dos locais mais queridos de Salvador receberá o mix de gastronomia, artesanato e atrações musicais neste fim de semana

Neste fim de semana (12 e 13) em que são realizadas as festividades em louvor a Nossa Senhora do Monte Serrat, a Feira da Cidade vai aportar justamente em um dos cartões-postais mais importantes de Salvador: a Ponta do Humaitá. A atração, que conta com o apoio da Prefeitura, vai reunir gastronomia, artesanato, apresentações musicais e novidades nesta edição que tem como mote a reedição do clima das tradicionais festas de largo, realizadas em paralelo aos festejos religiosos. O local foi um dos mais votados pelos frequentadores d’A Feira, em enquete realizada recentemente através do Facebook.

De acordo com a idealizadora e produtora do evento, Carla Maciel, a intenção é mostrar ao público da feira o clima familiar e de confraternização que marcaram as festas de largo. “No domingo, por exemplo, as pessoas podem vir acompanhar a missa na Igreja de Nossa Senhora de Monte Serrat e tomar café regional na feira, aproveitando para conhecer não apenas o lado religioso, mas também outro aspecto cultural da cidade.”

No sábado (12), das 11 às 18h, os DJs Pureza e Leandro Vitrola animarão o público e a programação musical conta também com Peu Tanajura, integrante do grupo Nossos Baianos. No domingo (13), das 9 às 20h, é a vez dos DJs Roger’n Roll, da Borracharia, e Big Bross, filho da Cidade Baixa, comandarem as pick-ups antes do show da banda Jammil, que aproveitará um dos mais belos pôr do sol da cidade para lançar o DVD gravado no Humaitá em 2014.

Na parte gastronômica, além dos hits como o hambúrguer de filé, também estarão reunidos sabores produzidos em diversas partes da cidade. Uma das figuras mais famosas da cidade, Tia Maria, da Pedra Furada, é uma das convidadas para mostrar sucessos como o famoso bolinho de peixe. Também serão oferecidas novidades como o o hambúrguer de bode, produzido pelo chef Léo, e o filé mignon recheado com ricota e tomate seco, flambado com cachaça e finalizado com tomate cereja e alface – a alquimia é feita pelo chef Jorge Moura.

E como o domingo (13) é também o Dia Nacional da Cachaça, considerada como legítimo patrimônio cultural do Brasil, a data servirá como ponto de partida do Alambique Cultural da Feira, espaço para apreciação do produto 100% nacional. Além da presença de quatro alambiques, localizados em Ilhéus (BA), Minas Gerais e Alagoas, a atração também contará com um apreciador especializado para falar sobre as qualidades da bebida.

Fonte: AGECOM/ Foto: Divulgação
Facebook Comments