Data de Hoje
3 March 2021

Filhas de Gugu Liberato realizam grave acusação contra Aparecida Liberato na Justiça

Na medida em que se passa o tempo, novas reviravoltas voltadas à briga judicial no compartilhamento da herança do apresentador Gugu Liberato, vão acontecendo, e claro, tudo isso motivou e muito na discórdia na família desde o anúncio do óbito do artista. A irmã do apresentador, Aparecida Liberato, desta vez, se tornou alvo das filhas gêmeas do saudoso comunicador, Marina e Sofia, de 15 anos.

De acordo com informações da colunista Mônica Bérgamo do jornal Folha de S. Paulo, as herdeiras recorreram na Justiça e a acusaram de não prestar contas como inventariante do espólio do artista. Em nova ação, ambas pedem que a tia, escolhida pelo apresentador na administração do seu espólio, ceda informações sobre os seguros de vida e previdências privadas em nome do pai. Além disso, as gêmeas exigem que a tia “preste contas e esclareça o destino e quem está na guarda dos bens e valores que guarneciam as residências” do pai.

Segundo as mesmas, há um mistério em torno do rumo dos bens da residência do famoso na Grande São Paulo, além do “dinheiro em espécie guardados ali, mas que já não mais estavam quando os três filhos chegaram ao Brasil para o velório”, clamando ainda por uma prestação de contas acerca dos valores geridos e gastos.

O relato concedido à Justiça traz divergências até para a compra de carros para elas, ao qual Aparecida Liberato certamente não teria encaminhado. Ainda de acordo com a publicação, procurada, a assessoria da irmã de Gugu garante que quem constituiu a advogada das sobrinhas, Viviane Ricci, foi a própria mãe delas, e que as filhas foram influenciadas a assinar a contratação.

Facebook Comments