Data de Hoje
5 August 2021

“Fique calma, por causa do neném”, disse PM antes de estuprar grávida

O companheiro presenciou a abordagem e disse que os policiais chegaram a atirar

A jovem grávida que foi estuprada por dois policiais militares contou detalhes do que aconteceu em entrevista à TV Bahia, exibida nesta segunda-feira (13). O caso foi em São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador. A adolescente de 17 anos detalhou como ela, que estava acompanhada pelo marido, foi abordada, na noite de sábado (11), na BR-110. Os dois estavam de moto quando foram obrigados a parar. Mesmo dizendo que estava grávida, a jovem foi abusada.

RTEmagicC_263ebce3b0.jpg

“Começou a pedir informação de onde a gente morava. Aí ele foi conversando: ‘fique calma, por causa do seu neném’. Na hora que ele botou a mão na minha barriga, ele veio pegar no meu peito. Na hora que ele veio pegar no meu peito, eu dei dois murros nele. Aí ele disse: ‘o que é isso? o que é isso?’ Foi e segurou meu braço pra baixo e falou: ‘eu vou pegar mesmo!’. Entrou numa estrada de chão e foi bem para o meio da estrada, que estava cheia de mato, e falou… que era para eu colaborar com eles. Eles botaram pra eu fazer sexo oral… neles”, contou.

O companheiro presenciou a abordagem e disse que os policiais chegaram a atirar. “Teve um disparo. Eles dispararam… Atirou pra cima. Mandaram a gente parar. Aí mandou botar a mão na cabeça, pegou meu celular, a chave da moto e minha identidade. E seguiu com ela. Em seguida, eu corri para a casa da minha tia e o vizinho dela me trouxe para a delegacia de moto”, contou.

RTEmagicC_96de95e009.jpg

Facebook Comments