Data de Hoje
31 July 2021

Gilmar acusa ACM Neto, Joao Roma, Carlos, J Carlos Filho de interferir em eleições do PT

Ao comparecer ao local de votação na manhã deste domingo (30), no Retiro, o candidato ao PT de Salvador, Gilmar Santiago, acusou o prefeito ACM Neto (DEM), o chefe de Gabinete da Prefeitura, João Roma, o ex-deputado J. Carlos e o vereador J. Carlos Filho (SD) de interferirem no processo eleitoral da sigla.

“A nossa expectativa é que, nesse segundo turno com os apoios que conseguimos, ampliar a nossa votação e ganhar a eleição. Se a eleição estivesse ocorrendo só com a participação dos petistas filiados, já teríamos decidido no primeiro. Infelizmente, temos visto do dedo de ACM Neto nessa eleição. Se você for no Subúrbio, na 15ª zona, vai encontrar as lideranças ligadas ao ex-deputado J Carlos, ao vereador J Carlos Filho, que foi expulso do PT. O dedo de João Roma, que pediu a várias lideranças que foram do PT para interferir em uma eleição interna do PT”, disse em conversa com

“Qual o medo de ter Gilmar Santiago na presidência partido e o Muda PT chegar ao comando?”, prosseguiu o ex-vereador. “É que vamos fazer o recadastramento de filiados, o fortalecimento das zonais como espaços de formulação política e embate político contra as prefeituras-bairro que se transformaram em comitês políticos de ACM Neto. E ao mesmo tempo queremos organizar a volta de Lula em 2018 aqui em Salvador, já que o PT nunca perdeu uma eleição presidencial em Salvador”, acrescentou.

Santiago disputa com Dani Ferreira o comando do diretório municipal, e tem apoio de nomes como o deputado estadual Bira Coroa e o deputado federal Robinson Almeida.

 

Fonte o BNews.

Facebook Comments