Data de Hoje
24 January 2022

Globo debocha de Bolsonaro usando, Chaves, coringa do SBT: “Va ga bun do”

Na última terça-feira, 15 de janeiro, estreou a última temporada do humorístico Tá No Ar e para se despedir em alto estilo, a humoristas da Globo usaram muito deboche para satirizar nosso atual presidente, Jair Bolsonaro. Curiosamente, a emissora carioca recriou a Vila do Chaves, clássico mexicano e coringa de audiência do SBT, e a transformou em uma Vila Militar.

No quadro de três minutos, Chaves avisa temeroso ao Seu Madruga e Chiquinha que “ele” está vindo. Acreditando que possa ser o Seu Barriga, na realidade entram militares: “É isso daí! Eu sou o novo dono dessa vila, Jair. Depois de anos de incompetência e má administração, eu vim resolver essa ‘cuestão’”, falou o personagem de Marcelo Adnet que imita os trejeitos e falas de Bolsonaro.

Por dever 14 meses de aluguel, Seu Madruga é considerado vagabundo e é preso. “Essa geração pi-pi-pi, mi-mi-mi dos ‘vermelhos’. Você chorar, Chiquinha, eu até entendo, porque o seu pai deu uma fraquejada. Agora, você, Chaves, é homem, e homem não chora”, afirmou em cena. Em outro momento, por ser professor Girafales também é considerado um vagabundo, Dona Florinda não pode usar azul e o Quico é afeminado por culpa da mãe.

No quadro, Márcio Vito interpretou Chaves, Danton Mello foi Professor Girafales, Georgiana Góes deu vida a Dona Florinda, Maurício Rizzo foi Quico, Luana Martau representou Chiquinha e Marcius Melhem deu vida a Seu Madruga. Claro que os internautas e telespectadores se divertiram ou criticaram tanto a ousadia da Globo que os nomes: Tá no Ar, Chaves, Vila Militar e VA GA BUN DO foram um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Facebook Comments