Data de Hoje
16 January 2022

Globo e Regina Casé se recusam a pagar indenização aos pais de criança com câncer

A Globo e Regina Casé não estão dispostos a pagar a indenização do encarregado de obras Vanderlei Velozo Miranda e da sua esposa Roseli Cristina da Silva Miranda, pais de Guilherme, criança de oito anos, que morreu vítima de um tumor cerebral em 2015, quando a apresentadora tomou uma atitude controversa.

No comando do programa Esquenta, ela exibiu uma entrevista com o menino sem a autorização dos pais, no momento em que ele estava na brinquedoteca do hospital. Em resposta, a Globo afirma que a intenção era “acolher e confortar o menor e sua família”. Ao UOL, a emissora explicou a situação e tomou a sua decisão.

“Estamos surpresos com essa decisão, já que os pais estavam presentes na gravação, acompanhando o menor, e participaram voluntariamente do programa. A emissora vai recorrer da decisão”, disparou a Globo, por meio de sua assessoria. O garoto morreu cinco dias após a entrevista e os pais exigem a indenização.

“A indenização será calculada levando-se em consideração diversos fatores, sendo os principais: o tempo de exibição fixado em 12 minutos aproximadamente e os lucros obtidos pela emissora no período de exibição. O valor somente será conhecido após perícia contábil determinada em sentença”, disse o advogado Alexandre Damaceno.

Logo da Globo (Foto: Divulgação)
Globo (Foto: Divulgação)

Eles pedem o valor de R$ 3,949 milhões de indenização e tanto a Globo quanto Regina Casé foram condenados a fazer o pagamento por danos materiais por uso indevido da imagem de Guilherme. “Não houve autorização para a realização da entrevista, tampouco para exibição no programa”, disse o advogado.

Facebook Comments