Goleiro Bruno marca 1º gol após deixar a prisão e gera revolta de internautas

Condenado por assassinato e cumprindo pena em regime semiaberto pelo assassinato da modelo Eliza Samúdio, o goleiro Bruno voltou a marcar um gol após dez anos. Foi de pênalti, no empate em 1 a 1 entre Rio Branco e Bragantino-PA, pelo Campeonato Brasileiro Série D.

Porém, a comemoração da equipe acreana não agradou aos torcedores nas redes sociais, que se revoltaram com a presença do atleta na equipe. Alguns internautas reagiram. “Que vergonha, meu Deus. Vocês se orgulham disso? Um cara que matou a mãe do próprio filho? Inacreditável”, escreveu uma internauta.

“Em um país sério, com leis de verdade, esse cara estaria ou na corredor da morte ou nunca mais veria a luz do dia fora de 4 paredes, mas como é Brasil e isso aí, sai antes da pena e tem clube que comemora com ele um golzinho. Viva a hipocrisia brasileira”, postou outro. “Time imundo, lugar do Bruno é apodrecendo na cadeia”, escreveu outra.

Varela Noticias

 

Filho do Goleiro Bruno diz que o pai é uma ameça a sociedade

Facebook Comments