Data de Hoje
3 August 2021
Foto reprodução

Governador deixa a desejar na segurança pública: moradores relatam intensa troca de tiros em Simões Filho

Por volta das 21h30 desta terça-feira (1/8), quatro homens fortemente armados teriam ‘tocado o terror’ na Estrada de Candeias e no bairro Cristo Rei, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), segundo informações do site Simões Filho Online, parceiro do Aratu Online.

Ao portal, testemunhas relataram que, a bordo de um táxi, os criminosos efetuaram mais de 50 disparos, assustando os moradores do local. Em seguida, eles abandonaram o veículo e fugiram. A polícia chegou a ser acionada, mas chegou depois do ocorrido.

Em nota, a assessoria da Polícia Militar (PM) informou que uma equipe da 22ª CIPM foi acionada após informações de uma troca de tiros na região. “Ao chegar ao local, no entanto, as guarnições realizaram rondas, abordagens e incursões a procura de suspeitos. Não houve troca de tiros com a PM. Ninguém foi preso e os policiais concluíram a diligência encontrando um táxi abandonado, que teria sido tomado de assalto no entroncamento da cidade de Candeias”, dizia a nota.

Outro caso: 

Jovem morre em intensa troca de tiros com policiais no bairro Pitanguinha

Um jovem morreu em uma troca de tiros com policiais em Simões Filho, no final da tarde desta terça-feira (1º/8), segundo a Polícia Militar. O rapaz foi flagrado com outros elementos na prática de tráfico de drogas e portando armas de fogo em uma área de mata na localidade da Fazenda Nova, Bairro Pitanguinha, ainda de acordo com a PM.

Em nota, a PM informou que os militares foram acionados e um cerco foi fechado por diversas viaturas do Pelotão Especial Tático Ostensivo (PETO), da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Simões Filho), com apoio de viaturas de Lauro de Freitas que trabalharam em conjunto na “Operação RMS Segura”.

Ainda conforme a PM, ao chegar no local, os policiais iniciaram as buscas e entraram na mata a pé, se depararam com 10 homens fortemente armados, que ao avistar os agentes abriram fogo com tiros de pistola e fuzil, iniciando uma intensa e longa troca de tiros. Após cessar os disparos, os policiais continuaram a avançar na mata localizando um dos suspeitos baleado e segurando uma arma de fogo, sendo identificado posteriormente como Caio. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

De acordo com a PM, com ele foi encontrado uma pistola Canik, calibre 9 mm de fabricação turca, com capacidade para 20 tiros. Os outros integrantes do bando conseguiram fugir.

 

Facebook Comments