Data de Hoje
2 August 2021
Foto reprodução

Governo contrata empresa para dar fim a mau cheiro no Dique

Finalmente, o Dique do Tororó vai deixar de afastar os frequentadores, por conta do mau cheiro. A Secretaria da Comunicação do Estado (Secom) informou, nesta sexta-feira (20), que a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedur), contratou uma empresa terceirizada para dar início à retirada de algas do local, “com o objetivo de melhorar a qualidade do espelho d’água”.  O serviço foi iniciado na noite desta quinta (19) e terá continuidade na noite desta sexta.

“Com a proximidade do verão e o consequente aumento da temperatura a reprodução dessas algas é intensificada, ocasionando, em última instância, mau cheiro”, explicou a Secom, por meio de nota.

 A situação vinha se arrastando há vários dias, com os governos estadual e municipal sem chegar a um consenso sobre a responsabilidade pelo mau cheiro na água. O odor vinha causando incômodo nos frequentadores, prejudicando o comércio local e afastando membros de religiões de matriz africana, que deixam de fazer rituais no local.

Nesta quarta, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão do governo do estado ligado à Secretaria estadual do Meio Ambiente (Sema), explicou, em nota, que na última análise realizada no manancial identificou valores elevados de fósforo e de nitrogênio, que enriquecem a água, “gerando condições propícias para o crescimento exacerbado de algas, que por sua vez, em processo de decomposição, geram mau cheiro”.

Apesar de fazer anualmente o monitoramento das águas no local, o Inema informou que não compete a ele “a responsabilidade sobre o espelho d’água do Dique do Tororó”. Correio

Facebook Comments