Data de Hoje
14 August 2022
A Digital Globe publicou nesta terça-feira (11) pela primeira vez, imagens de satélite de altíssima resolução da região do desastre em Mariana (Foto: Digital Globe/Divulgação)

Governo de MG multa Samarco em R$ 112 mi por desastre

Secretaria do Meio Ambiente afirma que mais penalidades devem ser aplicadas à mineradora no futuro

O governo de Minas Gerais multou a mineradora Samarco em 112 milhões de reais pelo desastre ambiental no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana. A punição partiu da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e, segundo a própria pasta, a penalidade é a primeira a ser aplicada. Outras poderão ser impostas à mineradora.

A secretaria informou que o valor não tem relação com os investimentos que a empresa terá de fazer na recuperação do meio ambiente.

No dia 11, a Justiça de Minas Gerais, a pedido do Ministério Público, bloqueou 300 milhões de reais em recursos em contas bancárias da Samarco, dinheiro que deverá ser usado exclusivamente para reparação de danos causados pelo rompimento das duas barragens. A decisão foi do juiz Frederico Esteves Duarte Gonçalves, da Comarca de Mariana.

No dia seguinte, depois de sobrevoar as regiões de Mariana e Governador Valadares, no leste de Minas, cidade cortada pelo Rio Doce que também é afetada pela tragédia em Mariana, a presidente Dilma Rousseff anunciou que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aplicou multa, também preliminar, de 250 milhões de reais à Samarco.

Com Estadão Conteúdo
Facebook Comments