Data de Hoje
21 September 2021

Governo paga diária indevida a ex-titular; 'Foi erro da secretária e eu corrigi', diz Robinson

Governo paga diária indevida a ex-titular; 'Foi erro da secretária e eu corrigi', diz Robinson

Foto: Luiz Teixeira/ Bahia Notícias

 
O ex-secretário de Comunicação do Estado, Robinson Almeida, pré-candidato a deputado federal pelo PT, teve uma diária de R$ 60,40 paga indevidamente pelo governo para a sua presença, no último dia 23 de fevereiro, em um evento partidário em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, base eleitoral do petista. A transferência, conforme reportagem da Folha veiculada nesta segunda-feira (12), ocorreu no dia 12 de março e foi justificada formalmente como "participação no Programa de Governo Participativo", o PGP, promovido pela chapa situacionista que concorre nas eleições deste ano.



Candidato enviou foto do comprovante de pagamento ao BN | Clique na imagem para ampliá-la

De acordo com Robinson, houve incorreção da sua antiga secretária no lançamento do dado no sistema do governo. "Foi um erro pessoal e administrativo. Quando soube, na semana passada, pedi à Secom que me enviasse um boleto de arrecadação. Já paguei. Devolvi o dinheiro que foi indevidamente debitado em minha conta. Foi um equívoco da minha secretária e eu corrigi", relatou o ex-secretário ao Bahia Notícias. Segundo ele, a sua ex-auxiliar teria confundido o PGP com o PPA Participativo, programa institucional que debate o Plano Plurianual do Estado com comunidades.

Facebook Comments