Data de Hoje
18 October 2021

Grupo de Trabalho é criado para gerenciar greve dos rodoviários

Grupo de Trabalho é criado para gerenciar greve dos rodoviários

Foto: Max Haack/ Agecom

 
Um grupo no aplicativo WhatsApp foi criado para gerenciar a greve de ônibus na capital baiana, decretada oficialmente nesta terça-feira (27). A decisão foi tomada durante reunião entre o prefeito ACM Neto (DEM), os secretários de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, o de Transportes de Salvador, Fábio Mota, o superintendente da Transalvador Fabrízio Muller e representantes do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (Setps). Os rodoviários não participaram da discussão. O grupo de trabalho deve se reunir no Palácio Thomé de Souza às 9h e virtualmente às 17h e 19h, durante os dias em que a paralisação vigorar. Após o encontro, o prefeito ligou para o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, o desembargador Valtércio de Oliveira, e pediu que fosse avaliada a possibilidade de antecipar o julgamento do dissídio coletivo, marcado para acontecer na sexta-feira (30). Ainda no encontro ficou combinado que o Setps fará um levantamento da quantidade de ônibus que pode rodar e dos rodoviários que querem trabalhar. O estudo vai ser repassado para a SSP, para que seja garantida a segurança dos motoristas e dos veículos. Em entrevista ao Bahia Notícias, o titular da SSP, Maurício Barbosa, detalhou o plano de ação. " Vamos nos encontrar para ver o que precisa ser aperfeiçoado. Desde ontem estamos oferecendo segurança nas garagens e nas vias de grande circulação. Nossa missão é dar segurança aos motoristas e passageiros, independentemente da discussão sobre a greve. A decisão é para ser cumprida. Em caso de depredação de ônibus ou agressão a qualquer pessoa, quem cometeu o ato será responsabilizado", avisou, ao convidar a população a colaborar com informações sobre abusos no Disk Denúncia: 3235-0000. O Município colocou 350 micro-ônibus para circular na cidade como forma de amenizar o movimento paredista. 
Facebook Comments