Data de Hoje
22 October 2021

Guerra na Alba: durante votação para vaga no TCE, deputados saem na mão. Assista!

O segundo turno da disputa entre Carlos Gaban (DEM) e Zezéu Ribeiro, para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, realizado na noite desta quarta-feira (28), transcorreu um clima bélico. Os deputados de oposição denunciaram aos berros que diversos parlamentares da base governista fotografaram o voto na cabine improvisada no mezanino do plenário.


O líder da bancada de oposição Elmar Nascimento (DEM), se revoltou após o flash do celular de Pastor Sargento Isidório (PSC) por todos os presentes do plenário. “Esse é o pior dia da história da Assembleia. Isso é um prostíbulo. É um brega”, disparou. Revoltado, Nascimento bradou palavras incompreensíveis, afirmando que a votação deveria ser cancelada.

Logo após esta situação, o deputado Elmar Nascimento jogou cédulas de votação ao chão e outro deputado, Adolfo Viana (PSDB) começou a esconder as cédulas e foi repelido por Marcelino Galo (PT). Logo, o que deveria ser um momento democrático se tornou um estilo de brigas do carnaval entre os deputados Paulo Azi e Elmar Nascimento que receberam a informação do presidente da Casa de que nesta quinta-feira levará situação ao Conselho de Ética. 


Assista ao momento da grande briga na Alba:

http://www.youtube.com/watch?v=qwQdKuGBj9A
 
Os deputados da base governista levavam mais tempo para votar que os da minoria. Concorrente direto pela vaga, Carlos Gaban afirmou “que isto era uma imoralidade e que a Assembleia Legislativa merecia o status de uma casa da vergonha, onde deputados com mandato dado pela população se submetem à acuação do governados Jaques Wagner”, disse.

De acordo com o parlamentar esses deputados não mais podem ser chamados de colegas, “dobraram o joelho envergonhando os eleitores que representaram aqui”, enfatizou Gaban.

Facebook Comments