Data de Hoje
20 September 2021
Foto reprodução

Idoso tem agulha quebrada no braço durante atendimento em policlínica de Feira

Familiares de um idoso de 77 anos pretendem processar a Prefeitura de Feira de Santana por causa de um procedimento realizado na Policlínica do bairro Rua Nova, no dia 27 de fevereiro deste ano. Eles reclamam que o paciente que sofre de diabetes passou mal e ao ser levado para a unidade de saúde, uma agulha quebrou e ficou cravada no braço do senhor José Carlos de Jesus quando uma enfermeira tentava aplicar um soro.

Wilson Silva de Jesus, contou que o pai explicou que após a agulha ter quebrado, os profissionais da policlínica disseram que iam transferir o idoso para o hospital e não forneceram nenhum documento sobre o ocorrido e que ninguém da secretaria municipal de saúde o visitou para saber como está. “Foi um erro de trabalho e vou procurar a justiça, e não vou deixar isso pra lá, até eles tomarem providência; porque senão a mesma coisa que fizeram com meu pai, podem fazer em outros”, protestou Wilson.

De acordo com ele, houve demora na transferência do paciente para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e com o pai se queixando de muita dor, a cirurgia só foi feita no dia seguinte. “Ficou a noite toda no Clériston e veio retirar (a agulha) somente no domingo (28), porque eu tive que procurar o médico cirurgião”.

Veja vídeo

https://www.youtube.com/watch?time_continue=46&v=xvR91vJIbSQ

Facebook Comments