Data de Hoje
24 October 2021

Imbassahy diz que governo quer tirar foco, mas CPI da Petrobras é inevitável

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) criticou a interferência do ex-presidente Lula, nos assuntos do governo federal e sua tentativa de barrar a instalação de uma CPI no Congresso para investigar denúnicas de irregularidades na Petrobrás. De acordo com o tucano, Lula ordenou que o governo faça de tudo para segurar a CPI, durante encontro na sexta-feira, 04, com a presidente Dilma, que interrompeu sua agenda de trabalho na sexta-feira, 04, para se reunir com o ex-presidente por cerca de três horas, em um hotel, em São Paulo.

 
"É a velha história: quando a coisa aprta, a presidente corre falar com Lula ou com seus marqueteiros. Segundo a imprensa, Lula avalia que a CPI seria uma arma poderosa contra a presidente e seus planos de reeleição e orientou Dilma a viajar mais pelo país, entregando obras”, disse. No entendimento de Imbassahy, a estratégia é tirar o foco da Petrobrás, fugindo das responsabilidades, empurrando as denúncias e os fortes indícios de corrupção na estatal para debaixo do tapete.



“A criação de uma CPI, porém, é um caminho sem volta e tem o apoio da sociedade, para desespero de Lula, Dilma e do PT”, concluiu
Facebook Comments