Data de Hoje
22 April 2021
Prefeito ACM Neto e governador Rui Costa polemica sobre carnaval e a segurança da cidade/ Foto reprodução

Impasse ainda permanece entre prefeitura e governo sobre PMs no Carnaval

O prefeito ACM Neto (DEM) voltou a falar, na manhã desta sexta-feira (22), sobre o impasse entre a prefeitura de Salvador e o governo do Estado a respeito dos policiais militares no Carnaval, Faltando 12 dias para a festa momesca nada ainda foi definido.
 
“O governo ainda não se pronunciou oficialmente até agora. As conversas continuam. A PM tem sido sensível na conversa, tenho que reconhecer isso, mas ainda não tem um pronunciamento oficial do governo”, disse Neto, em entrevista ao site local Bocão.
 
A polêmica começou quando o governador Rui Costa (PT) disse, em entrevista à Rádio Metrópole, que o Estado não foi consultado sobre a possibilidade de aumentar os dias e locais da festa, principalmente porque, em um ano de crise, não há dinheiro suficiente para pagar horas extras a policiais militares, por exemplo.
 
“São 20 mil homens que trabalham no Carnaval. Você termina já retirando policiais de outras cidades e eu não posso retirar mais para reforçar mais dias e locais de carnavais e deixar a bandidagem solta no interior. Não há condições de colocar mais PMs, a não ser que a prefeitura assuma o custo dos policiais e pague as horas extras”, disse o petista.
Bocão News
Facebook Comments