Data de Hoje
25 June 2024
Foto reprodução

Internautas detonam ACM Neto e Fábio Mota por ignorarem ordem judicial e proibir Uber: ‘Ditador’

A “novela”  envolvendo a Prefeitura de Salvador e o aplicativo Uber ganhou mais um capítulo neste sábado (25/2). O secretário de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, após dizer que não foi notificado sobre a decisão liminar do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), expedida na sexta-feira (24), que libera a atuação de motoristas do aplicativo Uber em Salvador, o secretário de Mobilidade da capital, Fábio Mota, afirmou que a prefeitura já entrou com recurso junto à Justiça para derrubar a liminar.

A decisão judicial foi deferida pela juíza Ana Maria Silva Araújo de Jesus na quinta-feira (24/2). O pedido foi feito por Fábio da Silva Brito contra o Estado da Bahia; o Município de Salvador; o diretor do Departamento de Trânsito (Detran-BA), Lúcio Gomes, e outras autoridades.

“Assim que fomos notificados entramos com recurso. Estamos esperando que a decisão do Tribunal saia ainda hoje. É um absurdo isso. Todo mundo que fazia transporte clandestino hoje virou Uber. É uma insegurança para o folião. Está atrapalhando muito a fiscalização da prefeitura, além da mobilidade da cidade”, afirmou neste sábado (25).

“Estamos esperando que a decisão do Tribunal saia ainda hoje. É um absurdo isso. Todo mundo que fazia transporte clandestino hoje virou Uber. É uma insegurança para o folião”, resumiu Mota.

Quem não gostou e está detonando o secretário e o prefeito ACM Neto são os soteropolitnaos, que em redes sociais vem criticando a decisão da prefeitura de passar por cima da ordem judicial, alguns internautas chamam o prefeito de “mão de ferro”, já outros criticam Fábio Mota de, ‘Pau mandado de Neto”, já outros ameaçam nas urnas, “2018 tá aí”. Um outro internauta bastante indignado, disse: “Seu secretário de merda qdo vc é esse prefeito ditador vão entender que o povo quer o Uber?

Confira a revolta dos baianos e soteropolitanos: