Data de Hoje
15 June 2021

Isidoro quer proibir “teatralizações” em manifestações públicas

O deputado estadual, Pastor Isidório (PSC), conhecido por suas performances efusivas, protocolou, nesta quinta-feira (20), um projeto de lei para proibir “teatralizações”, “satirilizações” e “ridicularizações” em manifestações públicas. Atos neste sentido poderão render ao infrator multa de 150 mil de Unidades de Referência Fiscal (UFIR). Em agosto deste ano, a UFIR vale R$ 2,711.

Incoerente ou não, segundo o parlamentar, a matéria refere-se à situação ocorrida na 19ª Parada do Orgulho LGBT, realizada em São Paulo, quando a transexual Viviany Beleboni se crucificou. Após o ato, o deputado teria sido procurado por “vários líderes espirituais, evangélicos, católicos, espíritas e outras matrizes espirituais, todos unânimes, demonstraram suas contrariedades e consequentes insatisfações com tamanha falta de respeito e cobrando uma solução para que tais absurdos não ocorram nos 417 municípios baianos”.

O projeto de lei pune “apresentação de charges e toda e qualquer outra forma de menosprezo, vilipendio de dogmas e crenças de toda e qualquer religião, no Estado da Bahia, alinhando-a a cunho erótico, de forma desrespeitosa”.

A matéria seguirá para tramitação nas comissões da Casa. Na próxima semana, uma nova leva de projetos de lei será apreciada pelo grupo de trabalho que avalia as matérias dos parlamentares para entrarem na pauta de votação até o fim deste mês.

Publicada às 16h do dia 21 de agosto.

Fonte Bocao News

Facebook Comments